Valdeir

Valdeir

Sesc Amazônia das Artes será em maio

A edição 2015 do projeto Sesc Amazônia das Artes se aproxima e, este ano, conta com novidades: o Tocantins será representado por três atrações culturais nos estados onde a ação acontece. Em Palmas, o projeto começa dia 7 de maio e, durante 10 dias, vai disponibilizar para o público tocantinense dezenas de apresentações produzidas na região Norte do Brasil.

O espetáculo teatral “A Poção do Amor”, do Grupo ArtPalco de Araguaína; o show musical “Passarim do Jalapão”, do cantor e compositor Dorivã de Palmas; e a exibição do filme “Da Luz da Vida à Água que Morre”, da cineasta Monise Busquets, também palmense, fazem parte da programação do evento.

O representante do Grupo ArtPalco, George Henrique afirmou que o convite aconteceu após uma apresentação realizada na Mostra Cultura do Sesc - Aldeia Jiquitaia, em Palmas. E, após o convite para integrar a programação do Sesc Amazônia das Artes, o Grupo intensificou os ensaios, iniciou aulas de canto e dança, a fim de melhorar ainda mais a performance dos profissionais. “A expectativa do Grupo é a melhor possível, uma vez que o projeto Sesc Amazônia das Artes proporciona grande visibilidade, aprendizado e troca de experiências entre os grupos participantes. Além disso, percorrer os estados que compõem o Projeto, proporcionará ao grupo crescimento profissional e o contato direto com outras culturas”, afirmou.

Para o cantor e compositor Dorivã, autor e responsável pelo show “Passarim do Jalapão”, essa oportunidade é ímpar na sua carreira. “A expectativa é a melhor possível, ainda mais por ser a nossa primeira viagem musical pela região Norte, Centro Oeste e Nordeste, com essa dimensão de logística. Tocaremos para um público qualificado e sensível, mesmo porque o Sesc tem um trabalho voltado para a formação de plateia para a boa música popular brasileira”, revelou o cantor.

Já a cineasta Monise Busquets, diretora do filme “Da Luz da Vida à Água que Morre”, credita o convite para que seu filme integre a nova edição do Sesc Amazônia das Artes às exibições no CineSesc. “Estamos muito lisonjeados com o convite, pois será uma oportunidade importante de expor o trabalho cinematográfico realizado aqui no Tocantins e também de debater socialmente as políticas energéticas e as implicações de grandes obras na vida das populações tradicionais”. Para a cineasta, “o Sesc Amazônia das Artes um evento de grande importância para as artes produzidas na região Norte, e que reflete os costumes, as ideias e sentimentos das pessoas que vivem em uma região tão diversa socioculturamente. Guardamos conosco uma expectativa muito positiva de poder levar ao público debates importantes e que interferem na vida cotidiana de nossa morada, o Norte do País”, destacou.

Previsto para ter início no mês de abril em Cuiabá (MT), o Sesc Amazônia das Artes tem como objetivo estabelecer um diálogo, troca e conhecimento sobre a arte produzida na região amazônica. Dança, música, teatro, cinema e artes plásticas são as linguagens artísticas que integram a programação do evento.

Na edição 2015, além do Tocantins, que recebe o Projeto no mês de maio, participarão também os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima, e mais o Piauí.

Sesc Amazônia das Artes

Sempre resgatando e incentivando a cultura produzida nos estados que compõem a Amazônia Legal, o Sesc Amazônia das Artes busca estimular e difundir a produção artístico-cultural desses estados e por outros que possuem características semelhantes, devido a sua proximidade com a realidade da região.

A circulação de obras nas linguagens de Artes Plásticas, Dança, Música e Teatro é o seu alvo principal. Produção artística essa oriunda dessa região e que atende às necessidades específicas para um melhor desenvolvimento, além de integrar os departamentos regionais do Sesc nos estados que formam a Amazônia Legal.

Serviço

Sesc Amazônia das Artes
Data: 7 a 17 de maio
Diversos locais e horários
Informações: (63) 3219-9127 / 9158

 

(Fonte: Assessoria de Imprensa do Sesc Tocantins)

Após o sucesso da realização da Paixão de Cristo 2015, a Cia Art’Sacra cumpre o seu papel social e fará um mutirão de entrega dos alimentos não perecíveis arrecadados. A ação acontece no próximo domingo, 26, com saída das equipes de trabalho para cada uma das regiões atendidas às 8 horas, da Igreja Dom Orione (904 Sul), em Palmas. De acordo com o presidente da Cia Art’Sacra, Valdeir Santana, foram arrecadados cerca de 3,5 toneladas de alimentos. As doações serão distribuídas para o Abrigo João XXIII em Porto Nacional, para a Fazenda da Esperança Feminina, para a creche Serra do Carmo no Taquari, creche Sementinha do Amor no Aureny I, e para famílias carentes da Capital.

Os alimentos foram arrecadados durante a realização da 13ª edição do espetáculo Paixão de Cristo, que aconteceu no dia 3 de abril, na Praça dos Girassóis, em Palmas. Cerca de 10 mil pessoas prestigiaram a encenação, que teve como tema “Palmas para essa Paixão”. A equipe foi formada por cerca de 300 pessoas, entre técnicos, produtores, atores e diretores.

Considerada a maior produção teatral do Tocantins e uma das maiores do País, Santana destaca que a edição do próximo ano já começa a ser preparada desde já. “A Art'Sacra estará oferecendo atividades lúdicas, momentos de lazer, estudo aprofundado dos evangelhos e da História de Jesus já como preparativo para o próximo espetáculo. Nestes primeiros meses, ao menos uma vez ao mês nos encontraremos”, revela.
 
INFORMAÇÕES:
Site: www.artsacra.com
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Assessoria de comunicação: Cinthia Abreu (8427-1805)

O espetáculo teatral “Casos Insanos”, do Grupo ArtPalco, comemora dez anos de temporada, sendo vista já por mais de 70 mil espectadores. Para celebrar o sucesso, eles realizam a turnê “Especial Casos Insanos - 10 anos”, que chega em Palmas no dia 18 de abril, com sessão às 18 e 20 horas, no Teatro Sesc Palmas. Após a apresentação em Palmas, o grupo segue para Gurupi, onde se apresenta no dia 19 de abril, às 18 e 20 horas, no auditório do IFTO – Instituto Federal do Tocantins.

Casos Insanos é, sem dúvida, o espetáculo de maior bilheteria e sucesso do interior de Minas Gerais e agora também com grande expressividade no Tocantins. O espetáculo, dividido em “doses” contra o mau-humor, reúne as melhores cenas e os melhores personagens destes dez anos em cartaz, trazendo ao palco as Freiras Insanas, Maria Sofredora, O Pregador, Xirley, Bárbara, Personal, Trupe Ica e vários outros.

De acordo com o diretor do espetáculo, o ator George Henrique, o segredo do sucesso do espetáculo de humor está na interatividade com o público. “Estas doses contra o mau-humor podem ser consumidas sem prescrição médica. Prepare-se para cair na gargalhada com uma terapia contra o mau humor que promete tirar o público do sério.”

Ingressos
Os ingressos antecipados para o espetáculo em Palmas já estão à venda na loja Overend, no 1º piso do Palmas Shopping. O primeiro lote de ingresso estará disponível, até o dia 14 de abril, por R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Após esta data, o ingresso será vendido a R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

Grupo

O grupo mineiro que se instalou em terras tocantinenses vem se destacando no estado e, principalmente, na cidade de Araguaína. A falta de uma movimentação constante de teatro na cidade inspirou o grupo a levar essa arte às pessoas. A peça que teve sua primeira “dose” apresentada em 2005 é a comédia mais vista de Uberlândia/MG.

O currículo do grupo conta com mais de 15 montagens, entre elas grandes sucessos como, “Adolescência”, “Apocalipse – Entre o bem e o mal”, “Salada Insana”, “Divas Insanas” e o mega sucesso de público “Casos Insanos”, que já está na sua 5ª temporada e levou, somente na cidade de Uberlândia, mais de 40 mil espectadores ao teatro.

 

Serviço

Casos Insanos - Palmas
Data: 18 de abril
Horário: 18h e 20h
Local: Teatro Sesc Palmas
Informações: 8427-1805 ou 8119-8275

Casos Insanos - Gurupi
Data: 19 de abril
Horário: 18h e 20h
Local: Auditório do IFTO
Informações: 8403-1872

 

 

(Fonte: Da Assessoria de Comunicação do Sesc TO)

“Eu chorei, me emocionei, refleti. Já virou tradição em minha família assistir a esse espetáculo na Sexta-Feira da Paixão. É tudo muito lindo e, apesar de já conhecer a história, a gente não tem como não se emocionar.” Este foi o sentimento do funcionário público José Carlos Góes, que esteve na Praça dos Girassois na sexta-feira, 3, acompanhado de seus familiares, para prestigiar a Paixão de Cristo 2015, apresentado pela Cia Art’Sacra.

Tal sentimento foi compartilhado de outras cerca de 10 mil pessoas, que também prestigiaram a encenação. De diferentes classes sociais e idades, todos dedicaram tempo para conhecer um pouco mais sobre a história dos últimos momentos de Jesus Cristo, antes da ressurreição. “A parte que eu mais gostei foi quando Jesus viveu de novo. Ele apareceu lá em cima da árvore, foi muito lindo”, expressou empolgada a pequena Ana Júlia Motta, de apenas 10 anos de idade.

A produção deste ano contou com apoio da Prefeitura de Palmas, por meio da FCP- Fundação Cultural de Palmas. Presidente da FCP, Eliane Campos considerou que a encenação da Paixão de Cristo é indispensável e parabenizou a equipe realizadora. “Um espetáculo de fé. Imprescindível para fazermos nossa reforma íntima, sem dúvida. Valeu cada esforço para a realização de mais uma edição. Parabéns à equipe Art’Sacra.”
 
Equipe

A equipe da 13ª edição do espetáculo, que recebeu como tema “Palmas para essa Paixão”, foi formada por cerca de 300 pessoas, entre técnicos, produtores, atores e diretores. Assim como no público, a emoção de fazer o espetáculo também foi grande para o elenco. Pela primeira vez no espetáculo, a jovem atriz Ângela Anes gostou da oportunidade. “Foi a minha primeira vez na Paixão de Cristo e adorei a experiência. Ano que vem vou fazer novamente”, disse.

Na abertura do espetáculo, o elenco fez uma homenagem póstuma ao ator Gustavo Fayad, que interpretava o personagem Caifás na Paixão de Cristo da Art’Sacra, mas faleceu em setembro no ano passado, vítima de ataque cardíaco. Neste ano, o personagem foi interpretado pelo filho de Gustavo, Fayad Neto, que se emocionou e viu no espetáculo uma forma de homenagear o pai. “O sentimento é de realização. Meu pai por vários anos fez este personagem e acompanhava a produção da peça, então poder homenageá-lo ao fazer o personagem que ele fez por tanto tempo é muito gratificante”, descreve.
Diretor de elenco, o ator Hitalon Bastos lembrou que, pela falta de apoio, os próprios atores tiveram de se dedicar como equipe técnica também. “A Paixão de Cristo neste ano foi bem mais emocionante, pois superamos juntos as dificuldades. O elenco todo se uniu para superar, nós mesmos construímos o cenário com o nosso pouco recurso, trabalhamos na montagem de tudo e, no final, deu tudo certo. Acredito que conseguimos emocionar muita gente e espero que no ano que vem seja bem melhor”, avalia Hitalon.
 
Produção

Considerada a maior produção teatral do Tocantins e uma das maiores do País, a peça teatral reuniu cerca de 10 mil pessoas para prestigiar o evento na Praça dos Girassóis. Para o diretor-geral do espetáculo e presidente da Cia Art’Sacra, Valdeir Santa, o sucesso do espetáculo é fruto do resultado de meses de dedicação dos atores e produtores. “Levar ao palco o espetáculo da Paixão de Cristo 2015 foi uma bênção de Deus. Não posso deixar de registrar do envolvimento dos próprios atores na construção de todos os cenários, adereços, figurinos, enfim em toda produção, que foi feita por todos. Eles deram a vida, o “sangue” pela Paixão, é inexplicável como todos se envolvem. Atribuo ao amor, uma missão de Deus para nós a cada ano”, declara.
Santana destaca que a edição do próximo ano já começa a ser preparada desde já. “A Art'Sacra estará oferecendo atividades lúdicas, momentos de lazer, estudo aprofundado dos evangelhos e da História de Jesus já como preparativo para o próximo espetáculo. Nestes primeiros meses, ao menos uma vez ao mês nos encontraremos”, revela.
 
Social

Para a entrada, foi cobrado um quilo de alimento não perecível e a equipe conseguiu arrecadar cerca de 3,5 toneladas de alimentos, que serão distribuídos ainda neste mês para o Abrigo João XXIII em Porto Nacional, para a Fazenda da Esperança Feminina, para a creche Serra do Carmo no Taquari, creche Sementinha do Amor no Aureny I, e para famílias carentes da capital.
 
 
INFORMAÇÕES:

Site: www.artsacra.com
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefones: (63) 3214-1033 / 8484-5422 / 8416-3893
Assessoria de Comunicação: Cinthia Abreu (8427-1805)

Prevista para acontecer no dia 3 de abril, às 20 horas, no estádio Nilton Santos, o espetáculo da Paixão de Cristo 2015 muda de local e será realizado na Praça dos Girassóis, devido interdição do estádio pelo Corpo de Bombeiros. Para a entrada, será cobrado um quilo de alimento não perecível.
Considerada a maior produção teatral do Tocantins e uma das maiores do País, a peça teatral reúne anualmente cerca de oito mil pessoas para prestigiar o evento e cerca de 300 pessoas no elenco e equipe de produção. Esta é a 13ª edição do espetáculo teatral sacro e o tema é Paixão de Cristo 2015 – “Palmas para essa Paixão”.
Na edição do ano passado, a grande História de fé, esperança e emoção foi contada por 350 colaboradores dentre atores, figurantes e técnicos, que em sete cenários grandiosos, como o Palácio de Pilatos, Santa Ceia, Templo de Jerusalém e o Sinédrio.
 
Campanha

O evento conta com o apoio da Prefeitura de Palmas, que cedeu 50% dos recursos financeiros para a produção do espetáculo, e do Governo do Estado, que cedeu a Praça dos Girassóis. Por falta de apoio financeiro, toda construção cenográfica será feita pelos próprios atores e produtores do espetáculo, voluntários no evento. A previsão média de investimento da Paixão de Cristo 2015 é de cerca de R$ 210 mil. Por conta da falta de apoiadores na edição deste ano, o espetáculo havia sido cancelado.
Porém, a direção da Art’Sacra decidiu realizar o espetáculo com o apoio de 50% por cento do valor custeado pela prefeitura municipal, por meio da Fundação Cultural de Palmas, e solicitar apoio da própria comunidade e empresas privadas para as despesas restantes. Uma campanha solidária está lançada, onde o grupo pede apoio de qualquer valor financeiro para custear as despesas da produção da peça. Os depósitos podem ser feitos em conta corrente na Caixa Econômica Federal, agência 2525, conta corrente 5087-8; ou no Banco do Brasil, agência 1505-9, conta corrente 38352-X, ambas nominal à Art´Sacra Cia. de Teatro.
 
História

A Cia foi fundada em 16 de maio de 2005 por um grupo de jovens apaixonados pelo teatro e que sempre atuavam nas apresentações sacras onde dramatizavam passagens dos Evangelhos e outras temáticas para reflexões litúrgicas e formações sócio-educativas na Paróquia Dom Orione em Palmas – Tocantins. A Cia de Teatro Art´Sacra recebeu o reconhecimento do poder público estadual, através da Fundação Cultural do Estado do Tocantins em maio de 2010, que concedeu ao espetáculo teatral sacro da Paixão de Cristo, evento Cultural do Estado, pelos seus trabalhos realizados na área de teatro e formação. Tal reconhecimento ressalta a sua importância na sociedade como uma entidade que fomenta a cultura sacra e popular e colabora desta forma com a formação cultural do Estado do Tocantins.

 

INFORMAÇÕES:
Site: www.artsacra.com
E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefones: (63) 3214-1033 / 8484-5422 / 8416-3893
Assessoria de Comunicação: Cinthia Abreu (8427-1805)

O Projeto (entre)linhas foi contemplado pelo Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna 2012, na categoria C (Atividades Artísticas | Novos Talentos). Consiste em um projeto multidisciplinar, realizado na cidade de Goiânia, o qual propôs o diálogo entre áreas, universos e realidades diferentes na composição de um espetáculo híbrido, denominado Segundo.
Durante cinco meses, estudantes de nove cursos diferentes das duas maiores universidades públicas goianas se reuniram com os intérpretes-criadores, Gabriel Côrtes e Tainara Carareto, e a assistente de produção, Lu Celestino, com o intuito de questionar, discutir, explorar e construir quem ou o que é a mulher contemporânea abordada em Segundo. O espetáculo é, portanto, resultado de um processo que criação coletivo e sensível, no qual o público é convidado a passear pelo universo feminino, refletir sobre a liquidez das relações humanas e vislumbrar a dança além da própria dança. Uma composição em que o mais importante resulta dos “nós”, das relações estabelecidas entre “as linhas” e o que não está efetivamente expresso nelas.

Datas das apresentações: 21 e 22/03/15
Horário: 20 horas

Classificação:10 anos
Duração: 60 minutos

Ingressos à venda a partir das 18 horas  na bilheteria do Teatro Sesc Palmas.

Valores:
R$ 10,00 (usuário)
R$ 8,00 ( conveniado)
R$ 5,00 ( comerciário/meia entrada)

 

 

(Fonte: Assessoria de Comunicação do Sesc TO)

 

Após 12 anos ininterruptos, a edição deste ano do espetáculo teatral Paixão de Cristo, realizado pela Cia Art’Sacra, será cancelada. Considerada a maior produção teatral do Tocantins e uma das maiores do País, a peça teatral reúne anualmente cerca de oito mil pessoas para prestigiar o evento e cerca de 300 pessoas no elenco e equipe de produção. Porém, por falta de apoio, não será possível a realização do evento neste ano. Esta seria a 13ª edição do espetáculo teatral sacro, com estreia prevista para o dia 3 de abril, no estádio Nilton Santos.03

De acordo com o presidente da Art’Sacra e diretor do espetáculo, Valdeir Santana, a equipe já havia selecionado os atores, os ensaios já tinham se iniciado e algumas propostas de apoio já estavam sendo firmadas, desde novembro do ano passado. Porém, nada concretizou-se, até esta quinta-feira, 12, 22 dias antes da data de realização do evento. “A estrutura que preparamos no estádio Nilton Santos é muito grande. A empresa responsável precisa começar com bastante antecedência, já está muito em cima da data e não tivemos nada concreto firmado quanto a patrocínio, por isso, é necessário cancelar”, expressa o presidente. 06

Ainda segundo o Valdeir, foi cogitada pela Prefeitura de Palmas a possibilidade de alguns trechos da Paixão de Cristo serem apresentados na programação oficial de Páscoa da cidade, o que também não confirmado pela direção da Art’Sacra. “A presidente da Fundação Cultural de Palmas (Eliane Campos) se mostrou muito interessada em contribuir com o evento e em contar com a nossa participação no evento da Prefeitura, mas não temos mais condições de aguardar respostas, infelizmente teremos de cancelar”, pondera.

Equipe

foto 2Contando com cerca de 300 pessoas, a equipe de elenco e produção é formada por voluntários. O ator e humorista Hitalon Bastos descreve o seu
sentimento como de indignação e revolta. “Temos um espetáculo tão bonito, tão bem feito, procuramos o poder público com antecedência, mas não tivemos
tipo nenhuma resposta até o momento, é revoltante”, delclara.

O ator Guilherme Antônio está na Companhia desde a primeira edição da Paixão de Cristo, quando ainda era realizada em formato menor, na igreja Dom Orione. Ele compartilha do sentimento de frustração dos demais integrantes do grupo. “Já que estamos na Capital da Fé, como se diz, que fé essa que não vai à frente para garantir a realização desse evento que é parte do calendário oficial da cidade? Estou me sentindo me sentindo muito triste”, diz. Membro da equipe de produção, Fabiana Miranda relembra o esforço e expectativa da equipe para a realização do espetáculo deste ano. “É um sentimento de tristeza e decepção porque a gente já vem há alguns meses se preparando e as pessoas vão criando uma certa expectativa. A notícia é frustante porque esta é a maior celebração cristã. A falta desse apoio nos faz questionar se realmente estamos vivendo na Capital da Fé”, revela.

História

 A Cia foi fundada em 16 de maio de 2005 por um grupo de jovens apaixonados pelo teatro e que sempre atuavam nas apresentações sacras onde dramatizavam passagens dos Evangelhos e outras temáticas para reflexões litúrgicas e formações sócio-educativas na Paróquia Dom Orione em Palmas – Tocantins. A Cia de Teatro Art´Sacra recebeu o reconhecimento do poder público estadual, através da Fundação Cultural do Estado do Tocantins em maio de 2010, que concedeu ao espetáculo teatral sacro da Paixão de Cristo, evento Cultural do Estado, pelos seus trabalhos realizados na área de teatro e formação. Tal reconhecimento ressalta a sua importância na sociedade como uma entidade que fomenta a cultura sacra e popular e colabora desta forma com a formação cultural do Estado do Tocantins.

Falta pouco mais de um mês para a realização da Paixão de Cristo 2015. De acordo com o diretor da Companhia, Valdeir Santana, a equipe de produção e elenco já conta com cerca de 300 pessoas, mas o grupo de figurantes ainda precisa de reforço, principalmente no que se refere à equipe de guardas e soldados. “Precisamos de figurantes para as cenas de povo, mas de guardas e soldados é a nossa maior urgência. É necessário pelo menos 25 homens, mas quanto mais gente melhor porque a cena fica mais bonita”, reforça Valdeir.

Para se inscrever, basta acessar o site oficial da Art'Sacra - www.artsacra.com -, e preencher a ficha de inscrição disponível no link Cadastro. Ao finalizar a inscrição, será enviada confirmação com o cronograma de ensaios gerais, previsto aos finais de semana, a partir do dia 15 de março. Os ensaios para as demais equipes já se iniciaram e acontecem todos os finais de semana no Centro de Amor Social Papa Francisco. Durante o período de montagem, os atores receberão preparação corporal, interpretação, impostação da voz, improvisação e criação de personagem.

Cenários gigantescos, equipamentos com  tecnologia avançada, trilha sonora e muito mais garantem à Paixão de Cristo produzida pela Art' Sacra o título de uma das maiores produções do País e a maior do Tocantins.  A 13ª edição do espetáculo teatral sacro estreia no dia 3 de abril, em local que ainda será definido. O tema deste ano é Paixão de Cristo 2015 – “Palmas para essa Paixão”.

História

 A Cia foi fundada em 16 de maio de 2005 por um grupo de jovens apaixonados pelo teatro e que sempre atuavam nas apresentações sacras onde dramatizavam passagens dos Evangelhos e outras temáticas para reflexões litúrgicas e formações sócio-educativas na Paróquia Dom Orione em Palmas – Tocantins. A Cia de Teatro Art´Sacra recebeu o reconhecimento do poder público estadual, através da Fundação Cultural do Estado do Tocantins em maio de 2010, que concedeu ao espetáculo teatral sacro da Paixão de Cristo, evento Cultural do Estado, pelos seus trabalhos realizados na área de teatro e formação. Tal reconhecimento ressalta a sua importância na sociedade como uma entidade que fomenta a cultura sacra e popular e colabora desta forma com a formação cultural do Estado do Tocantins.

Interpretação, jogos dramáticos, improvisação e exercícios de expressão corporal e vocal são algumas das disciplinas trabalhadas no curso livre de teatro do Sesc. Os interessados em estudar artes cênicas podem procurar a Central de Atendimento, em Palmas, para efetuar as matrículas. As aulas começam em março.

O curso é composto por duas turmas, sendo uma para crianças e adolescentes de 9 a 14 anos e outra para jovens a partir dos 15 anos e adultos. As aulas acontecerão no período da tarde, aos sábados. As mensalidades variam entre R$ 25 (comerciários) e R$ 50 (usuários).

Música

Para quem prefere música, o Sesc conta com os seguintes cursos: violão, teclado, contrabaixo, percussão, percussão infantil, musicalização infantil, canto, coro infantil e coral para a 3ª Idade. As aulas começam dia 02 de março e segue até 30 de novembro.

Os alunos veteranos poderão realizar as entrevistas com o professor desejado e efetuarem suas matrículas até 13 de fevereiro, em horários variados, de acordo com a carga horária de cada professor. “Os novatos poderão realizar as entrevistas no período de 19 a 27 de fevereiro”, informou a promotora de música do Sesc, Veridiana Barreto.

Os interessados devem procurar o Núcleo de Música no Centro de Atividades Sesc Palmas, na 502 Norte. As vagas são disponíveis para diversas faixas etárias. Confira a lista de cursos de acordo com as faixas etárias e valores no link: http://www.sescto.com.br/cultura/pagina-tabela-de-precos

Informações: 3212-9949 ou 9903.

 


(Fonte: Assessoria de Comunicação do Sesc TO)

Para marcar o início das aulas do Centro de Criatividade Salesiano Dom Bosco, a Fundação Cultural de Palmas promoveu na noite desta segunda feira, 09, uma solenidade festiva para apresentar a equipe de professores e os cursos ofertados dentro da estrutura do centro, com direito à aula magna com o professor doutor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Juliano Casimiro, com a palestra “Porque a Arte não salva?”.

De acordo com a presidente da Fundação Cultural de Palmas, Eliane Campos, a ampliação do núcleo de atividades do Espaço Cultural vem apontando resultados acima do esperado devido a grande procura pelos cursos ofertados. “É importante essa descentralização pois a nossas ações estão mais próximas da comunidade e isto também facilita o deslocamento das pessoas e a demanda é crescente pois todas as vagas já foram preenchidas e tem até pessoas na fila de espera”, disse.

Dona Maria Edna está comemorando a volta às aulas. Ela é moradora do setor Vale do Sol e já garantiu a matrícula das duas filhas. Com a instalação do centro próximo a sua residência ela disse que vai poder realizar o desejo das duas filhas. ”Minhas filhas sempre tiveram vontade de participar de outras atividades como por exemplo, balé e iniciação musical. Com o centro próximo a minha casa vou poder realizar o desejo delas, estou muito feliz”, disse a dona de casa.

Breve Histórico

O Centro de Criatividade é um programa de formação artística da Fundação Cultural de Palmas, iniciado em 1996, que visa oferecer a formação básica, através de oficinas livres voltadas para as artes cênicas (teatro e dança), música (em várias modalidades como violão clássico, violão popular, bateria, canto coral, piano, teoria musical, dentre outros)  e artes visuais (pintura em tela, arte criação, escultura, desenho e papel machê). As regiões atendidas até então eram as da área central, no Espaço Cultural, e de Taquaruçu, na Casa da Cultura Professora Maria dos Reis.

A partir de 2013 as atividades do programa foram ampliadas e os cursos e oficinas livres passaram a acontecer no Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco (Taquaralto), Casa da Cultura Professora Maria dos Reis (Taquaruçu) e no Ponto de Cultura Arte Fato (região Norte). Em 2015 foram disponibilizadas 1.200 vagas somente para as regiões de Taquaralto e Taquruçu. O público atendido pelo Programa do Centro Criatividade são crianças, jovens e adultos.

 

 

(Fonte: Antônio Neves, FCP)

Página 10 de 62

Parceiros

Assinar Newsletter



Receber em HTML?

 
 
Art'Sacra © Copyright 2014 Todos os direitos Reservados       Desenvolvido por: