Valdeir

Valdeir

Formulário de inscrição

Estão abertas as inscrições para o Seminário Números da Cultura, que será realizado no dia 30 de setembro, no Rio de Janeiro. Um dos objetivos do evento é mostrar o que os indicadores do setor cultural apontam e como podem contribuir para aprimorar a gestão pública e privada no setor.

Desenvolvido pelo Ministério da Cultura (MinC), o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) está sendo reestruturado para integrar as principais bases de dados do segmento no País. O Sistema será um grande aglutinador de dados e informações no País, inclusive com a possibilidade de intercâmbio com ferramentas semelhantes de outros países.

O seminário é promovido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em parceria com o pesquisador João Leiva, que realiza uma série de estudos sobre o papel da cultura no cenário nacional. Um desses trabalhos foi o recente mapeamento sobre os hábitos culturais dos paulistas.

A abertura terá presença do secretário de Políticas Culturais do Ministério da Cultura (MinC), Guilherme Varella. Ele participa de uma mesa sobre o tema A Cultura e Sua Economia. O debate será mediado por João Leiva e ainda terá o pesquisador do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) Antonio Alkmim, o coordenador do Observatório da Cultura de Porto Alegre, Álvaro Santi, e a chefe do Departamento de Economia da Cultura do BNDES, Luciane Gorgulho.

Em debate, estarão temas como os investimentos do governo federal e dos estados no setor cultural, leis de incentivo, perfil das empresas e dos trabalhadores da área, gastos do brasileiro com o segmento e o papel de fomento do Vale-Cultura. O seminário também tratará do mapeamento dos setores culturais, produção e consumo de cultura e perfil do produtor cultural.

Para o secretário Guilherme Varella, a discussão em torno de indicadores representa um dos pontos essenciais para o desenvolvimento da cultura no País. "Esse tipo de conhecimento é fundamental para orientar as diversas ações do gestor, que consegue se planejar melhor, estabelecer cenários, agir com maior eficácia e medir o alcance das suas iniciativas", avalia.


Serviço:
Seminário Números da Cultura
Data: 30 de setembro
Horário: das 9h às 17h
Local: Espaço Oi Futuro, Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema

 


(Fonte: Marcelo Araújo
Secretaria de Políticas Culturais
Ministério da Cultura)

O filme Que Horas Ela Volta?, da diretora Anna Muylaert, será o representante brasileiro no Oscar 2016. O longa foi escolhido pela Comissão Especial de Seleção do Ministério da Cultura (MinC) para concorrer a uma vaga na categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (10) pelo coordenador-geral de Articulação, Formulação e Difusão da Secretaria de Audiovisual do MinC, Lula Oliveira, representante do ministro da Cultura, Juca Ferreira.

Além do filme selecionado, concorreram à indicação os seguintes longas: A história da eternidade, de Camilo Cavalcante; Alguém Qualquer, de Tristan Aronovich; Campo de Jogo, de Eryc Rocha; Casa Grande, de Fellipe Barbosa; Entrando Numa Roubada, de André Moraes; Estranhos, de Paulo Alcântara; e Estrada 47, de Vicente Ferraz.

O coordenador-geral de Articulação, Formulação e Difusão da Secretaria de Audiovisual do MinC, Lula Oliveira, representante do ministro da Cultura, Juca Ferreira, falou sobre a satisfação do MinC pela escolha. "Entendemos que o filme tem uma importância no seu valor estético, artístico, na linguagem e no tema que ele aborda sobre uma realidade muito forte da sociedade brasileira e por ele ter buscado estratégias de comunicação para chegar aonde ele chegou. Estamos muito satisfeitos com a escolha, que foi muito boa e democrática", conclui.

O crítico de cinema Rodrigo Fonseca, membro da Comissão Julgadora, justificou o porquê da indicação do filme e sobre como ele reflete uma nova realidade vivida no Brasil. "Sobre a linguagem, o que este filme faz é mostrar como fica o afeto dessas classes (domésticas e empregadores). Nesse ponto, ele é um filme muito singular. Uma das coisas ditas na reunião é que esse filme consegue discutir aquestão econômica e política e falar desse arranjo social sem fazer discurso, sem fazer plenária. Ele não é um panfleto. O filme fala de afeto que também levanta os tópicos sociais", explica.

O filme indicado passará agora pela avaliação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, que selecionará nove produções estrangeiras, considerando os pré-indicados. Desse grupo, saem os cinco finalistas. O vencedor é anunciado no dia da festa do Oscar em Hollywood, Estados Unidos.

Que Horas Ela Volta? foi lançado no dia 27 de agosto e ganhou prêmios nos festivais de Sundance e Berlim. Além disso, teve os direitos de distribuição vendidos para mais de 20 países. O elenco traz os atores Regina Casé, Michel Joelsas, Camila Márdila, Karine Teles e Lourenço Mutarelli.

Compuseram a comissão da seleção o cenógrafo e produtor Marcos Flaksman; o crítico de cinema Rodrigo Fonseca; o diretor Daniel Rodrigues da Silva Ribeiro; o chefe da Assessoria Internacional da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Eduardo Novelli Valente; o chefe do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, George Torquato Firmeza; e a sócia-membro da Academia Brasileira de Cinema Silvia Rebello.

Últimas indicações

Desde 1962, 45 filmes brasileiros já foram inscritos para o Oscar e apenas quatro conseguiram ser indicados: O Pagador de Promessas, O Quatrilho, O Que é Isso, companheiro? e Central do Brasil. Nenhum deles ganhou o prêmio. O filme Orfeu Negro, produção conjunta de Brasil, Itália e França, dirigida pelo francês Marcel Camus, levou o Oscar, mas concorreu pela França. O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias, de Cao Hamburger, foi pré-indicado pela Academia, que o considerou um dos nove melhores entre os 63 filmes inscritos em 2008, mas não conseguiu ficar entre os cinco finalistas.

Os filmes brasileiros selecionados para concorrer à indicação nas últimas seis edições do Oscar foram: Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro (2015); O Som ao Redor, de Kleber Mendonça Filho (2014); O Palhaço, de Selton Mello (2013); Tropa de Elite 2: o Inimigo agora é Outro, de José Padilha (2012); Lula, o filho do Brasil, de Fábio Barreto (2011); e Salve Geral, de Sérgio Rezende (2010).

Sobre o filme Que Horas ela Volta?

A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.

 


(Fonte: Mariana Menezes
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura)

A Fundação Cultural de Palmas (FCP) prorrogou, nesta quarta-feira, 09, o prazo de inscrição do 2º Festival de Poesia Falada que agora se estende até o dia 12 de fevereiro de 2016. O Festival será realizado nos dias 17, 18 e 19 de março, no Theatro Fernanda Montenegro. Interessados em participar podem se inscrever gratuitamente por correio ou presencialmente na sede da FCP, de segunda a sexta, das 14 às 18 horas.

Para participar é preciso residir no Tocantins. Segundo o edital do certame, o objetivo é difundir a produção poética tocantinense e proporcionar aos poetas/intérpretes a oportunidade de serem vistos e reconhecidos por seus talentos. O Festival visa, também, incentivar a prática da declamação poética como expressão artística, revelar e valorizar talentos no campo da poesia e da declamação poética, promover intercâmbio entre artistas de Palmas e de outras cidades do Estado.

Na competição, cada proponente pode inscrever até três poesias/poemas inéditos. Os 30 melhores projetos inscritos vão para a Fase Eliminatória, que consiste na declamação/interpretação poética nos dias 17 e 18 de março. As 12 propostas que atingirem as maiores pontuações se classificarão para a Fase Final, adiada para o dia 19 de março.

As avaliações técnicas, a serem realizadas pelas Comissões Curadora e Julgadora, levarão em consideração a qualidade do texto (forma, conteúdo), coerência ao texto na declamação, fundamentos da voz (dicção, impostação), interpretação e transmissão da mensagem poética.

O valor total de R$ 27.500,00 em premiações será distribuído da seguinte forma: 1º lugar: R$ 10.000; 2º lugar: R$ 7.000; 3º lugar: R$ 3.000. O 2º Festival de Poesia Falada também premiará os melhores textos de poesia/poema, sendo: 1º lugar - R$ 5.000 e 2º lugar - R$ 2.500.

Mais informações na sede da Fundação Cultural de Palmas (Espaço Cultural, Av. Teotônio Segurado, Área Verde da Quadra 202 Sul) ou pelo telefone (63) 2111-2402.

 

 

(Fonte: Redação FCP)

Relembrando grandes sucessos das décadas de 80, a banda RPM promete agitar o público palmense na primeira noite da 9ª edição do Festival Gastronômico de Taquaruçu (FGT) que inicia na próxima sexta-feira, 04, e segue até terça-feira, 08.

“Olhar 43”, “Louras Geladas”, “Rádio Pirata” são alguns dos hits emplacados pela banda entre os anos de 1984 a 1989. A atração nacional está prevista para subir ao palco às 23h.

Shows regionais


Abrindo as apresentações musicais do FGT, o primeiro a se apresentar é Josifran Melo com um estilo mais voltado para a MPB, logo em seguida é a vez de Lucimar levar ao público seu repertório mais regionalista.

Vencedor da 2ª Mostra Premiada de Música na categoria “Melhor Instrumentista”, Josifran Melo acredita que o convite para o FGT seja fruto de seu trabalho na Capital. “É a primeira vez que participo como artista, pois em outras edições apenas prestigiei o evento. Por isso, estou super motivado e acredito que será maravilhoso e, como serei o primeiro a apresentar, vou esquentar a galera”, declarou.

Já para o cantor Lucimar, que participou de outras edições do FGT, tem esta apresentação como um momento muito especial pra sua carreira, já que fará o pré-lançamento do seu 6º disco. “O lançamento oficial do “Piraquê” será dia 27 de outubro no Sesc, mas o público do Festival poderá apreciar cinco músicas do novo disco”, disse.

RPM

Revoluções por Minuto, também conhecido por RPM, é uma das bandas de rock mais populares do Brasil. Surgiu em meados dos anos 80, e com um som que mesclava música eletrônica ao pop rock e letras engajadas conseguiu emplacar vários hits que fizeram do RPM a banda de maior vendagem naquele momento, com cerca de 5 milhões de cópias.


Tendo à frente o vocalista e baixista Paulo Ricardo, a banda é formada por Luiz Schiavon (teclados), Fernando Deluqui (Guitarra) e Paulo P.A. Pagni (bateria). Entre idas e vindas, em 2011, RPM voltou para ficar com o CD “Elektra”, duplo, com doze músicas inéditas e sete remixes. Desde então, o RPM tem feito shows por todo o País, numa superprodução com projeções, laser, elevadores etc. No final de 2012, "Elektra" foi indicado ao Grammy Latino, como Melhor Álbum de Rock.
(Com informações do site http://rpm.art.br/teaser/)

 

 

(Fonte: Ascom Agtur Palmas) 

Estão abertas as inscrições para os cursos do Centro de Criatividade, um projeto da Prefeitura Municipal desenvolvido pela Fundação Cultural de Palmas (FCP) nos Pontos de Cultura Instituto Ideia (área central) e Arte Fato – Ação Social Jesus de Nazaré (região norte), e no Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco (Taquaralto) e na Casa da Cultura Professora Maria dos Reis (Taquaruçu). Para o 2º semestre, 1530 vagas foram disponibilizadas.

Os cursos, oferecidos gratuitamente, são das áreas de artes visuais, artes cênicas e música, e são voltados para crianças, jovens e adultos, a fim de proporcionar à comunidade palmense o acesso livre ao ensino das artes.

O período de inscrição, os cursos oferecidos, número de vagas, documentos necessários, a data de início das aulas variam de acordo com o local de realização dos cursos. Segue, portanto, a relação detalhada de cada projeto da FCP:

Instituto Ideia (Região Central):

Período de Inscrição: 03 a 14 de agosto
Horário Inscrição: 8h às 12h e 14h às 18h.
Local: Ponto de Cultura Instituto IDEIA
Endereço: Quadra 603 Sul, Alameda 05, Lote 02.
Telefone: 9287-1247
Documentos Necessários: Cópia do RG e comprovante de endereço.
Nº de vagas: 200
Público-alvo: Artistas profissionais, e estudantes de artes interessados em expandir suas práticas.
Início da Aulas: 17 de agosto
Cursos:
·Práticas Cênicas
·Artes Visuais: o fazer artístico através da história da arte
·A escrita no processo artístico
·Teoria Musical
·Capacitação para professores de Ballet Clássico
·Canto
·Desenho
·Ballet clássico
·Grupo de estudo de piano
·Piano
·Dança contemporânea
·Ateliê IDEIA

Ponto de Cultura Arte Fato – Ação Social Jesus de Nazaré

Período de Inscrição: 03 a 7 de agosto
Horário - Inscrição: 7h30 às 11h30, 13h30 às 17h30
Local: 307 Norte, alameda 21, APM 02 (antiga Arno 33) e Anexo do Ponto de Cultura - 503 Norte, alameda 07, APM 17 (antiga Arno 61)
Telefone: 3218-8428
N° de vagas: 830
Documentos: Cópia do RG ou Certidão de Nascimento, comprovante de endereço, 1 foto ¾.
Público-alvo: Crianças (a partir de 7 anos), jovens e adultos.
Início das Aulas: 10 de Agosto
Cursos:
- Artes Visuais: Desenho
- Artes Cênicas: ballet, hip hop, dança de salão, bateria e capoeira.
- Música: teclado, teatro, baixo e percussão.

Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco

Período de Inscrição: 03 a 14 de agosto
Horário Inscrição: 8h às 12h e 14h às 18h
Local: Av. Ipanema, QD. 26, Lote 2B, Morada do Sol, Taquaralto.
Telefone: 3225-0226
N° de vagas: 400
Documentos: Cópia do RG ou Certidão de Nascimento, comprovante de endereço, 1 foto ¾.
Público-alvo: Crianças (a partir de 8 anos), jovens e adultos.
Início das Aulas : 17 de Agosto
Cursos:
- Artes Visuais: Desenho, pintura em tela, arte criação.
- Artes Cênicas: Teatro, Ballet, Dança Contemporânea, Jazz, Zumba.
- Música: Prática de Conjunto Big Band Jovem, Teoria Musical, Violão, Teclado, Saxofone, Bateria, Contrabaixo, Canto Coral.

Casa da Cultura Professora Maria dos Reis

Período de Inscrição: 27 de julho a 07 de agosto
Horário - Inscrição: 8 às 18 horas
Local: Praça Joaquim Maracaípe, Taquaruçu.
Telefone: 2111-2792
N° de vagas: 100
Documentos: cópia do RG ou Certidão de Nascimento, comprovante de endereço, 1 foto ¾.
Público-alvo: Crianças (a partir de 7 anos), jovens e adultos.
Início das Aulas : 10 de Agosto
Cursos:
- Artes Visuais: Desenho, Papel machê, Modelagem em Argila
- Artes Cênicas: Teatro, Ballet, Dança Contemporânea, circo
- Música: violão

 

(Fonte: Redação FCP)

A oportunidade de começar a tocar um instrumento musical e despertar uma paixão está em suas mãos. A Escola Sesc de Música está com inscrições abertas para os cursos de violão, teclado, guitarra, contrabaixo e percussão, além de canto, musicalização infantil e prática de conjunto e corais. O objetivo é promover a iniciação musical ou o aprimoramento de quem já possui algum conhecimento na área. As aulas se iniciam em 1º de agosto.

Os cursos de violão, teclado e percussão são voltados para alunos a partir dos 7 anos de idade. Já para tocar guitarra e contrabaixo é preciso ter pelo menos 12 anos; A idade mínima para as aulas de canto é 10 anos e a musicalização infantil são para as crianças que possuem entre 4 e 6 anos.

As atividades são compostas por quatro módulos e têm duração média de 2 anos. Inicialmente, não há necessidade de ter o instrumento musical em casa, mas no decorrer do tempo é fundamental praticar fora do período escolar para desenvolver o aprendizado.

“O estudo da música possui inúmeros benefícios como a concentração, coordenação motora e socialização. Seja qual for a idade, os cursos vão proporcionar o prazer de estar em contato com a arte e a alegria de compartilhar a música em diferentes contextos”, aponta Veridiana Barreto, promotora de música do Sesc e responsável pela Escola Sesc de Música.

Informações de matrículas, vagas e valores podem ser obtidas pelos telefones (63) 3212-9949 e (63) 3212-9903.

Serviço
Escola Sesc de Música
Matrículas abertas para violão, guitarra, teclado, contrabaixo, percussão, canto, musicalização infantil e prática de conjunto e corais.
Início das aulas: 1º de agosto
Informações de valores e matrículas: (63) 3212-9949

 


(Fonte: Otávio Frabetti – Assessor de Imprensa Sesc/TO)

Estão abertas as inscrições para o Projeto Convergência 2015, Mostra de Performance Arte do Sesc Tocantins. A quarta edição do evento será realizada nos dias 17 e 18 de outubro no Centro de Atividades do Sesc Palmas, no Tocantins.

O Convergência começou sua história em 2012 e tem como objetivo abrir espaço para experimentação em artes, misturando as diversas linguagens artísticas envolvidas nas performances, além de estimular a produção e divulgação de ações feitas em todo Brasil atualmente.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 17 de agosto de 2015. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição disponível no site do Sesc TO e enviá-la pelos correios, devidamente assinada.

O documento deve ser enviado à Galeria Sesc de Artes - Promotoria de Artes Plásticas, Centro de Atividades, situado na quadra 502 Norte, avenida LO-16, Conjunto 2, Lotes 21 a 26, CEP: 77006-562, Palmas-TO. Junto com a ficha, por e-mail ou via correios, deve ser enviado também o currículo atualizado do autor, cópias da Carteira de Identidade, CPF e comprovante de endereço, bem como descrição detalhada da performance, link da internet (caso ela já exista), sinopse, poética (tema), descrição técnica e fotos de performances já realizadas (ou imagens da performance atual). O edital completo com as informações está disponível no site: www.sescto.com.br/cultura/downloads .

Serão escolhidos 21 projetos ao todo, sendo contemplados cinco artistas residentes no Tocantins, dez residentes em outras localidades do Brasil e seis performances em vídeo. Os projetos contemplados do Tocantins vão receber R$ 600 cada, mesmo valor que as performances em vídeo irão ganhar. Os artistas escolhidos de outros estados recebem R$ 1.600 como prêmio de incentivo.

“No Brasil, existem poucos eventos de performance e aqui na região Norte nós somos um dos poucos a realizar um projeto como esse. Na edição passada recebemos artistas de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, assim reforçamos o convite para o Convergências 2015”, relata Vone Petson, promotor de artes visuais do Sesc Tocantins.

Serviço

Inscrição Projeto Convergência 2015
Data: até 17 de agosto de 2015
Edital e ficha de inscrição disponível em: wwww.sescto.com.br/cultura/downloads
Informações: (63) 3212-9922

 


(Fonte: Otávio Frabetti - Assessor de Imprensa Sesc/TO)

A Prefeitura Municipal, através da Fundação Cultural de Palmas (FCP) em parceira com o Ponto de Cultura IDEIA Cultural, lança o Programa de Aperfeiçoamento em Práticas Artísticas com doze cursos gratuitos destinados a artistas profissionais e jovens estudantes de artes interessados em expandir suas práticas. As inscrições estarão abertas de 03 a 14 de agosto no IDEIA Cultural (na Quadra 603 Sul, alameda 5, lote 2A), em horário comercial. Para se inscrever é preciso apresentar a cópia do RG e comprovante de residência.

O Programa de Aperfeiçoamento em Práticas Artísticas é mais uma ação que objetiva promover o desenvolvimento humano através da arte, além de contribuir com o fortalecimento da cidade no cenário cultural. O Programa é uma extensão do projeto Centro de Criatividade, desenvolvido pela FCP desde 1997 com o objetivo de proporcionar acesso da comunidade palmense ao ensino em artes. O projeto já atendeu mais de 20 mil alunos desde sua implantação oferecendo cursos gratuitos nas áreas de artes cênicas, artes visuais e música.

Os cursos de aperfeiçoamento oferecidos são: Práticas Cênicas, Artes Visuais, A Escrita no Processo Artístico, Teatro Musical, Capacitação para Professores de Ballet Clássico, Ballet Clássico, Canto, Grupo de Estudo do Piano, Piano, Dança Contemporânea, Desenho e Ateliê Ideia.

Sobre os Arte-Educadores

Aline Martins é mestre em música pela UniRio e bacharel em música com especialização em piano pela Universidade de Brasília. Atua como pianista em diversas vertentes. Em Palmas, tem atuado em grupos que realizam recitais didáticos, formação de plateia e criação de repertórios originais.

Cláudio Montanari é Bacharel em Desenho e Artes Plásticas, Especialista em Design para Estamparia pela UFSM. Artista Visual atuante, já representou o Tocantins com suas obras em vários estados federativos. Cláudio Montanari tem sua poética baseada nas relações do homem, seu cotidiano e o ambiente, retratadas nos últimos anos, através das instalações artísticas “Embalagem” (2008), “Controle” (2010), “Nexo casual?” (2013), “Na Estrada – Seres Mortorizados” (2013).

Daniela Perez Mestre em Práticas Cênicas e Cultura Visual pela Universidade Castilla La-Mancha, Espanha. Especializada em Psicologia Transpessoal com Abordagem Corporal pelo Instituto Serra da Portaria-GO e graduada em Licenciatura Plena em Dança pela Faculdade Paulista de Artes-SP. Atuou em diversas Cias como bailarina, é artista-criadora desde 2002 com projetos desenvolvidos em dança, performance, arte sonora, site specific, vídeo e instalação apresentados no Brasil e na Espanha. Possui experiência em ballet clássico (Método Royal, Vaganova, Cubano e Checceti), dança moderna e contemporânea. Desenvolve obras imersivas em dança através de arte sonora e visual baseados em sua pesquisa em coreografia expandida e movimento virtual.

Elton Fialho é artista, professor e bailarino. Graduado pela Universidade do Estado do Amazonas como Bacharel em Dança, especializado em Metodologia do Ensino superior. Iniciou seus estudos em dança no ano de 2002. Possui experiência em Dança Clássica, Dança Moderna, Dança Contemporânea, Jazz, Dança Aérea, Dança Flamenca e Danças Urbanas. Fez parte de Cias de Dança GitanosdelFuego, Manaus Dança de Rua, Labocorpo, Corpo de Dança de Porto Seguro, Balé Folclórico do Amazonas. É coreógrafo e professor do Balé da Cidade de Palmas, diretor da AcroLife Cia. de Artes e Enjoy Cia. de Dança.

Helena Zica é cantora lírica, bacharel em canto pela UFG e especialista em Música Brasileira do século XX pela mesma Instituição. Como cantora, representou a cidade de Palmas em diversos concertos e recitais por todo o Brasil.

Marina Boaventura é artista visual e arte-educadora, possui graduação em Artes Plásticas pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU, Especialização em Filosofia pela FAFIPA/UNICAMP e Especialização em Ensino de Artes Plásticas pela UFU. Tem experiência na área de Artes Visuais, com ênfase em performance, assemblage, objeto, instalação, site specific e novas linguagens.

 

 

(Fonte: Da Redação FCP)

A Fundação Cultural de Palmas (FCP) divulgou no Diário Oficial desta quarta-feira, 22, o resultado final dos trabalhos da Comissão de Análise Técnica dos projetos inscritos no Edital Procine Palmas 2015. Foram selecionados sete projetos de produção independente de obras audiovisuais brasileiras, sendo de longa-metragem (ficção) e curta-metragem (ficção, documentário e animação) que serão realizados com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA (Ancine) e do Fundo Municipal de Apoio à Cultura através do Programa Municipal de Incentivo a Cultura (Promic).

A Comissão de Avaliação Técnica e de Mérito do Edital Procine se reuniu nos dias 18 e 19 de julho para avaliar os 10 projetos habilitados pela Comissão de Análise Documental. Profissionais reconhecidos na área do audiovisual brasileiro foram convidados pela FCP para compor a Comissão de Avaliação Técnica. São eles: Ana Carolina Teixeira Soares – Rio de Janeiro/RJ (cineasta e produtora), Aldemar Freitas Matias Júnior – Manaus/AM (cineasta e produtor), Nilson Rodrigues da Fonseca - Brasília/DF (exibidor, produtor e distribuidor), Pedro Loureiro Severien – Recife/PE (cineasta e roteirista) e Mary Sônia Matos Valadares (representante do Conselho Municipal de Políticas Culturais), Cícero Belém Filho e Luciane De Marque de Bortoli (representantes da FCP).

A Comissão reconheceu o esforço político da Fundação Cultural de Palmas no sentido de buscar o aporte financeiro e ampliar as possibilidades de recursos investidos na produção. E, no intuito de estimular e impulsionar ainda mais a produção audiovisual local proporcionando o surgimento de novos criadores e produtores, a Comissão propôs que sejam realizadas ações de formação e preparação para os realizadores e produtores locais com o objetivo de consolidar um panorama para a produção de longas-metragens.

Para a presidente da Fundação Cultural de Palmas, Eliane Campos, a  comissão realizou um trabalho criterioso e importante tanto para a FCP como para os produtores locais. “Precisamos reunir todos os esforços para que o recurso público seja investido de forma correta e em obras cinematográfica que contribuam para a afirmação de Palmas e do Tocantins no contexto do audiovisual brasileiro e na construção da nossa identidade cultural”.

 

Os critérios avaliados pela Comissão de Avaliação Técnica para a seleção dos projetos foram: qualidade e viabilidade técnica, estrutura dramática e construção dos personagens (ficção e animação), estratégia de abordagem e estrutura (documentário), experiência e desempenho pregresso do diretor, capacidade gerencial (produtora, sócios, quantitativo de obras produzidas e regularidade de produção), exequibilidade (cronograma e orçamento), visibilidade e repercussão do produto cultural, e possibilidade de promover a capacitação dos profissionais locais (atores, roteirista, produtores, direção, etc.).

 
Segue o resultado final das avaliações promovidas pela Comissão de Avaliação Técnica e de Mérito do Edital Procine Palmas nº 003/FCP/FSA, que também está disponível no endereço:

 http://diariooficial.palmas.to.gov.br/media/diario/1304-22-7-2015-18-29-51.pdf :

Modalidade: Curta – metragem/ Documentário

 

Ordem

 

Projeto/Proponente

 

Condição

“Gigantes de Palmas”

MZN - Filmes

Aprovado

“Circo Social Os Kaco”

Fábrica Produções

Aprovado

“Somos Todos Indígenas”

Tapioca Tour Entertainment

Aprovado

 

Modalidade: Curta – metragem /Ficção

 

Ordem

 

Projeto/Proponente

 

Condição

“Curta Piti em Mim”

MZN - Filmes

Aprovado

João e Maria: uma aventura no Cerrado – O Filme

Fábrica Produções

Aprovado

-

“A Voz”

Tapioca Tour Entertainment

Inabilitado

 

Modalidade: Curta - metragem/Animação

 

Ordem

 

Projeto/Proponente

 

Condição

“Muno”

Tetractys

Aprovado

 

Modalidade: Programa Cultural para TV Aberta

 

Ordem

 

Projeto/Proponente

 

Condição

-

“Prosaico”

Tapioca Tour Entertainment

Inabilitado

 

Modalidade: Longa- metragem/Ficção

 

Ordem

 

Projeto/Proponente

 

Condição

“O Comedy Clube”

SuperOito Produções

Aprovado

“ Os Fantasmas do Pier”

SuperOito Produções

Classificado

 

 

(Fonte: Redação FCP)

Para aqueles amantes da MPB (Música Popular Brasileira) e do Pop, que já estavam com saudades do Luau nas noites de sextas-feiras, a Prefeitura de Palmas, por meio da Agência Municipal de Turismo (Agtur), apresenta mais uma edição do projeto “Luau Nova Geração”. O projeto é uma programação especial com cenário e produção em estilo havaiano, com novos nomes da música tocantinense, e acontecerá às 20 horas, na Praia da Graciosa, dentro da programação da Temporada de Férias da Capital.  

Neste final de semana, a programação do Luau na Graciosa com a Nova Geração terá apresentação dos cantores Veridiana Barreto, Mariana Reis, Beto Naves e a Banda Astronaves, que irá acompanhar todos os artistas durante suas apresentações.

Segundo o idealizador do projeto, o jornalista e músico Beto Naves, o projeto surgiu do amadurecimento dos jovens artistas regionais, no qual o cenário musical da Capital vem se transformando. “A profissionalização desses artistas, aconteceu de forma natural, sem apoio governamental, e movidos apenas pelo talento e o amor à arte. Aos poucos alguns se destacaram e, hoje, temos um cardápio musical em Palmas, bem diversificado, e cheios de estilos diferentes e marcantes”, enfatizou Naves.
 

Para o presidente da Agtur, Cristiano Rodrigues, este formato de evento, além de proporcionar aos palmenses uma opção de lazer e entretenimento, também busca valorizar os novos talentos musicais da Capital. “Este evento vem ao encontro do que nós queremos para Capital, que é proporcionar momentos de lazer aos palmenses e turistas, por meio de uma proposta que também valoriza um dos nossos mais bonitos cartões postais, que é o lago”, enfatizou o presidente.

 

 

(Fonte:Malena Mota, Agtur)

Página 7 de 62

Parceiros

Assinar Newsletter



Receber em HTML?

 
 
Art'Sacra © Copyright 2014 Todos os direitos Reservados       Desenvolvido por: