Close

10 de outubro de 2018

Peça Teatral Singular Amor Plural será apresentada na Terça Literária do dia 16 de Outubro

 A literatura circula e interage com as diversas expressões artísticas, e a Terça Literária de outubro vem mostrar essa relação íntima com o teatro, com a apresentação da peça, Amor Singular Amor Plural, do escritor, poeta e ator, Osmar Casagrande. O evento acontece às 20 horas, no Theatro Fernanda Montenegro, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho. Os ingressos custam R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 a meia entrada.

Amor Singular Amor Plural é uma obra do seu interior, e trata da história de um morador de rua que se afasta da sociedade, conta Casagrande ao dizer que “o processo que levou esse morador de rua a afastar-se da normalidade do seu cotidiano, do sistema. Em certo momento a gente fica a se perguntar se é loucura dele, ou se o sistema é que está louco”, explica Casagrande. A conta com participações especiais de Ayani Muniquy e Nacha Moretto.

De acordo com Casagrande, a peça foi escrita há cerca de uma década ao “observar o sistema e, principalmente, àqueles que vemos como loucos”.  Embora tenha sido escrita há bastante tempo, Casagrande ressalta que o texto é muito atual, uma vez que o “o sistema continua o mesmo, nos abraça, nos penetra, nos domina, exclui e, principalmente, nos explora”, diz.

Sinopse

Morador de rua revela o processo de sua exclusão social. Suas razões, um tanto loucas, são expostas agudizando os vícios, conceitos e preconceitos dos normais. Finalmente, o personagem se apresenta uno com Deus e toda a criação, ao tempo em dá vida a uma pedra. O que nos fica é o questionamento: divindade ou loucura? Amor ou rebeldia? Você decide.

Osmar Casagrande

Formado em Publicidade e Propaganda e em Direito, com mestrado em Comunicação, Sociedade e Meio Ambiente, Osmar Casagrande, também é escritor, poeta e ator, tendo publicado crônicas, contos, artigos e poemas editados em diversos jornais da capital do Estado do Tocantins.

Já publicou os livros: de contos – Retalhos (Palmas, agosto de 2002) e 2ª edição no ano de 2012; de poemas A CASA (in)cômodos (di)versos lançado em abril/2009 (2ª ed. em 2011) e indicado para o Concurso Vestibular da Universidade Federal do Tocantins, ano 2012 e  Guia prático para o não amar, disponibilizado na Web, no endereço: https://pt-br.widbook.com/ebook/guia-pratico-para-o-nao-amar no modo e-book, publicado em maior de 2014. Aguarda a publicação do Livro de crônicas, contemplado no edital 2013 da Fundação Cultural do Estado do Tocantins: Ponto por ponto no preenchimento do encanto.

Também foi redator da peça, Tocantins, uma construção permanente, e ator em diversas produções teatrais na Capital, além de ser membro fundador da Academia Palmense de Letras.

(Fonte: Samara Martins, FCP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *