Close

2 de agosto de 2012

Festival A Gosto de Nelson

Funarte promove mostra que celebra o centenário de nascimento do dramaturgo Nelson Rodrigues

A programação cultural que comemora o centenário do dramaturgo Nelson Rodrigues ganha mais um evento. Na noite desta quarta-feira, 1º de agosto, a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, e o presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Antonio Grassi, participam da abertura do festival A Gosto de Nelson, no Teatro Dulcina, no Rio de Janeiro.

A mostra é realizada pela Funarte, instituição vinculada ao Ministério da Cultura (MinC), e levará ao público as 17 peças escritas pelo “anjo pornográfico” – era assim que o polêmico Nelson Rodrigues se definia. O festival acontece de 1º a 31 de agosto, mês em que o dramaturgo completaria 100 anos.

A estreia acontece simultaneamente às 19h no Teatro Dulcina, onde será encenada a peça Vestido de Noiva, e no Teatro Glauce Rocha, onde será apresentada A Mulher Sem Pecado. As peças serão encenadas em ambos os teatros, que estão localizados no Centro do Rio e são administrados pela Funarte.

Edital Prêmio Funarte

As 17 obras serão apresentadas sempre às 19h e têm montagens de grupos e companhias de todo o Brasil, que foram selecionados pela fundação por meio do edital Prêmio Funarte Nelson Brasil Rodrigues: 100 Anos do Anjo Pornográfico. Os ingressos têm preços populares:  R$ 5 a inteira e R$ 2,50 a meia-entrada.

“Ao realizar esta mostra, a Funarte teve como desafios retratar Nelson não somente como escritor, mas como ser humano. Um dos maiores nomes da dramaturgia nacional, ele muito contribuiu para a nossa cultura e é fundamental que sua obra chegue também às novas gerações”, disse Antonio Grassi.

Segundo o presidente da Funarte, “o público é nosso convidado a mergulhar nesse universo e aplaudir a ousadia e a genialidade desse grande escritor”. Antonio  Grassi estreou sua carreira como ator em O Beijo no Asfalto, uma das mais famosas peças do dramaturgo.

Além das peças que abrem a mostra, também fazem parte da programação Viúva, Porém Honesta; Anti-Nelson Rodrigues; Álbum de Família; Anjo Negro; Dorotéia; Senhora dos Afogados; A Falecida; Perdoa-me Por Me Traíres; Os Sete Gatinhos; Boca de Ouro; Beijo No Asfalto; Otto Lara Resende ou Bonitinha, Mas Ordinária; Toda Nudez Será Castigada; Valsa Nº 6; e A Serpente. (foto: Peça A Mulher Sem Pecado)

Confira a programação completa

 

 

 

 

(Fonte: Lara Aliano, Ascom/MinC)
(Foto: Eliane Torino e Divulgação/Funarte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *